+55 (21) 3017-9090

Rua Maricá, 320 - Rio de Janeiro

Top

Estudos

1 Pedro 5:8-9“Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar;” “resisti-lhe firmes na fé, certos de que sofrimentos iguais aos vosso estão-se cumprindo na vossa irmandade espalhada pelo mundo” .

         Durante muitos anos, eu quis entender os ensinamentos do Salmos 23 à luz da revelação da graça de Deus. É o Salmo mais conhecido da Bíblia Sagrada. Eu queria que a palavra de Davi se tornasse luz, com a revelação da graça de Deus. Eu compreendi que o Salmo 23 é o antídoto de todos os problemas.Vejamos o antídoto para as emoções feridas. Salmos 23:1-3“O SENHOR é o meu Pastor; nada me faltará.” “Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso;” “refrigera-me a alma. Guia-me pelas veredas da justiça por amor do seu nome.” Refrigério da alma. A alma é a vitalidade da vida. São os sentimentos, são as emoções, são os pensamentos. Davi disse que o Senhor lhe refrigerava a alma, os sentimentos,  Deus o revitalizava.

Salmo 147:3 “sara os de coração quebrantado e lhes pensa as feridas.”

 

Durante os 37 anos em que sou Pastor, tenho percebido que quase todas as pessoas têm problemas, sejam eles emocionais, de rejeição, de depressão, angústias ou conflitos. Na verdade, esses problemas começam, ainda, na tenra idade. Então, a pessoa se torna adulta, ninguém vê, mas as feridas estão lá dentro, os problemas estão lá dentro, os conflitos estão lá dentro, as memórias que trazem dores angustiantes não são, às vezes, externadas, mas estão lá dentro. Por isso, neste Recado, vamos aprender como Deus cura feridas escondidas e memórias machucadas.

1 Timóteo 4:16: "Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Continua nestes deveres; porque, fazendo assim, salvarás tanto a ti mesmo como aos teus ouvintes." O Apóstolo Paulo, a quem nós imitamos espiritualmente, escreve uma carta a seu filho na fé, Timóteo, fazendo duas importantes admoestações. Ele diz assim: “Primeiro, cuida de ti. Segundo, cuida da doutrina”. Nós, hoje, também somos chamados por Deus para cuidar da doutrina. Por que devemos cuidar da doutrina? Porque a tendência é...

Deuteronômio 8: 13 -18: “…depois de se multiplicarem os teus gados e os teus rebanhos, e se aumentar a tua prata e o teu ouro, e ser abundante tudo quanto tens, se eleve o teu coração, e te esqueças do SENHOR, teu Deus, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão; que te conduziu por aquele grande e terrível deserto de serpentes abrasadoras, de escorpiões e de secura, em que não havia água; e te fez sair água da pederneira; que no deserto te sustentou com maná, que teus pais não conheciam; para te humilhar, e para te provar, e, afinal, te fazer bem. Não digas, pois, no teu coração: A minha força e o poder do meu braço me adquiriram estas riquezas. Antes, te lembrarás do SENHOR, teu Deus, porque é ele o que te dá força para adquirires riquezas; para confirmar a sua aliança, que, sob juramento, prometeu a teus pais, como hoje se vê”.

 Deus tem me inspirado, há algumas semanas, a tratar de assuntos que dizem respeito ao dia-a-dia de cada família. Tratar desse assunto de finanças é extremamente importante e positivo, e eu posso dizer-te que tua vida não será mais a mesma depois deste Recado. Depois daquilo que vais ouvir, do Deus vivo, posso te asseverar que as coisas não vão permanecer como têm estado. Há situações que mudarão tão dramaticamente, tão dramaticamente, que nós vamos dizer: “estamos como quem sonha”. Há algo para mudar no teu mundo. Há algo para mudar na história da tua vida.

Marcos 6: 30-36 “Voltaram os apóstolos à presença de Jesus e lhe relataram tudo quanto haviam feito e ensinado.  E ele lhes disse: Vinde repousar um pouco, à parte, num lugar deserto; porque eles não tinham tempo nem para comer, visto serem numerosos os que iam e vinham.  Então, foram sós no barco para um lugar solitário. Muitos, porém, os viram partir e, reconhecendo-os, correram para lá, a pé, de todas as cidades, e chegaram antes deles. Ao desembarcar, viu Jesus uma grande multidão e compadeceu-se deles, porque eram como ovelhas que não têm pastor. E passou a ensinar-lhes muitas coisas.  Em declinando a tarde, vieram os discípulos a Jesus e lhe disseram: É deserto este lugar, e já avançada a hora;  despede-os para que, passando pelos campos ao redor e pelas aldeias, comprem para si o que comer. Porém ele lhes respondeu: Dai-lhes vós mesmos de comer. Disseram-lhe: Iremos comprar duzentos denários de pão para lhes dar de comer? E ele lhes disse: Quantos pães tendes? Ide ver! E, sabendo-o eles, responderam: Cinco pães e dois peixes. Então, Jesus lhes ordenou que todos se assentassem, em grupos, sobre a relva verde. E o fizeram, repartindo-se em grupos de cem em cem e de cinqüenta em cinqüenta. Tomando ele os cinco pães e os dois peixes, erguendo os olhos ao céu, os abençoou; e, partindo os pães, deu-os aos discípulos para que os distribuíssem; e por todos repartiu também os dois peixes. Todos comeram e se fartaram;  e ainda recolheram doze cestos cheios de pedaços de pão e de peixe. Os que comeram dos pães eram cinco mil homens”.

Na história do Ministério Cristo Vive, e já se passaram mais de vinte e sete anos e meio, em muitos momentos nos deparamos com obstáculos, mas, também, em outros momentos, com grandes oportunidades. Hoje, estamos vivendo um período histórico. Temos recebido direção de Deus para algo muito grande que se aproxima para a Igreja, no contexto denominacional, e para cada um dos membros do Corpo de Cristo.

João 8:32 “e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” Dentro do tema título desta mensagem, o apóstolo vai se deter especificamente, nas questões comportamentais.  Aprenderemos um pouco sobre como Deus nos liberta de temores e  medos. Os dias são difíceis, o mundo está tumultuado. O Apóstolo Paulo escreveu a Timóteo dizendo que nos últimos dias viveríamos tempos difíceis e atrozes. Parece que esses dias chegaram. Por isso,  a Igreja de Jesus Cristo tem que ter...

Apocalipse  7:15-17 “… razão por que se acham diante do trono de Deus e o servem de dia e de noite no seu santuário; e aquele que se assenta no trono estenderá sobre eles o seu tabernáculo. Jamais terão fome, nunca mais terão sede, não cairá sobre eles o sol, nem ardor algum, pois o Cordeiro que se encontra no meio do trono os apascentará e os guiará para as fontes da água da vida. E Deus lhes enxugará dos olhos toda lágrima.”

 

Nós vamos ver como os eleitos de Deus têm um lugar  de honra diante do Seu Trono, e como vão continuar servindo, contínua e privilegiadamente, ao Senhor na vida eterna.

1 Coríntios 4:20 “Porque o reino de Deus consiste não em palavra, mas em poder.” Temos um chamado, também, a compreender os mistérios de Deus. Veja o que Paulo, em profecia, nos mostra: 1 Coríntios 4:20 “Porque o reino de Deus consiste não em palavra, mas em poder.” Quando eu comecei a ler este versículo, eu disse: Como? O reino não consiste em palavra? Como? O nosso ministério é um ministério da palavra. Eu não faço outra coisa,...

Hebreus 2:1-3: “Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos. Se, pois, se tornou firme a palavra falada por meio de anjos, e toda transgressão ou desobediência recebeu justo castigo, como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação? A qual, tendo sido anunciada inicialmente pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram;”

Eu creio, de todo o coração, que tudo aquilo que faz parte da vida e da piedade e que nos pertence, Deus fará chegar as nossas mãos. Eu creio, amado, que fomos chamados para possuir, para ter, para conquistar.

 

Provérbios 4:7: “O princípio da sabedoria é: Adquire a sabedoria; sim, com tudo o que possuis, adquire o entendimento.”

Meu amado irmão, minha família, santo precioso de Deus, eleito e abençoado com toda sorte de bênçãos espirituais.

O Natal aconteceu há mais de dois mil anos, e hoje estamos celebrando, em nosso Ministério, a verdadeira razão do Natal: Jesus Cristo. A humanidade não entende isso, porque a comercialização do Natal transformou esse advento tão importante para a história do Mundo, numa época apenas das árvores de Natal, do Papai Noel e da troca de presentes, que faz tão bem a nossa vida, mas que não é o foco principal.