+55 (21) 3017-9090

Rua Maricá, 320 - Rio de Janeiro

Top

Antes e Depois da Cruz

Antes e Depois da Cruz

 

Hebreus 9:15 -17  “Por isso mesmo, Ele é o Mediador da nova aliança, a fim de que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia sob a primeira aliança, recebam a promessa da eterna herança aqueles que têm sido chamados.

Porque, onde há testamento, é necessário que intervenha a morte do testador;Pois, um testamento só é confirmado no caso de mortos; visto que de maneira nenhuma tem força de lei enquanto vive o testador.”

             Fora da graça de Deus, existe judaísmo, se um gentio, ou seja, uma pessoa que não tem sangue de Israel nas suas veias, começar a viver como um judeu cristão, na realidade, vive uma vida de escravidão. Lido acima que Jesus, é o mediador de uma Nova Aliança. Hebreus 8:6 “Agora, com efeito, obteve Jesus ministério tanto mais excelente, quanto é Ele também Mediador de superior aliança instituída com base em superiores promessas.”

 

            O que Paulo quer dizer com isto?

            Que tudo o que Jesus conquistou, consumou na cruz é melhor, é superior a qualquer lei ou regulamento instituído por Moisés.
Hebreus 8:13  “Quando ele diz Nova, torna antiquada a primeira. Ora, aquilo que se torna antiquado e envelhecido está prestes a desaparecer.” Por que é antiquada e envelhecida? Jesus veio trazer um novo e vivo caminho; não é mais o envelhecido e antiquado; a lei de Moisés com sacrifícios,abluções, “paga preços”, forma de viver aquém da proposta de Deus. Jesus torna antiquado o envelhecido. O velho à luz da Bíblia Sagrada, que é a lei de Moisés, tem que desaparecer porque deve haver uma reforma, conforme Hebreus 9:10Os quais não passam de ordenanças da carne, baseadas somente em comidas, e bebidas, e diversas abluções, impostas até ao tempo oportuno de reforma”.

            Paulo anunciou que quando houvesse a reforma, a lei iria desaparecer da vida dos gentios. Ele iniciou essa reforma; mas quando morreu a reforma acabou. Em 1525, Martinho Lutero, reiniciou a reforma de Paulo, João Calvino deu continuidade, e outros o seguiram, mas a verdade é que essa reforma foi apagada. Urge, agora, uma reforma no seio da Igreja Protestante, como houve no seio da Igreja Católica. Este ministério está empenhado nisto.

            O que Paulo trouxe como Reforma?

            A compreensão da genuína Graça de Deus que  liberta o povo da ilusão de liberdade que  a lei promove, mas a lei escraviza o povo de Deus. Há uma Nova Aliança, nós não podemos viver da velha aliança.

Ninguém imagina a guerra pública que o Ministério Cristo Vive trouxe ao mundo;  de um lado, o Espírito diz: “é por Graça”; do outro,  o sistema diz: “é por lei”;você tem que definir dentro do seu coração qual é  a mensagem que lhe serve; a mensagem libertadora, ou a mensagem escravizadora. Hebreus 7:18,19” Portanto, por um lado, se revoga a anterior ordenança, por causa de sua fraqueza e inutilidade.” (pois a lei nunca aperfeiçoou coisa alguma), e, por outro lado, se introduz esperança superior, pela qual nos chegamos a Deus.”

            Meu Deus! Por que os pregadores da Palavra não lêem esta Palavra e não a aplicam?  Se foi revogada a anterior ordenança,  ela não pode mais ser trazida ao Altar! Tudo que eu fizer: lamber o chão, ficar horas de joelhos, fazer vigílias, pagar o preço, é inútil e fraco, por que insistir nisto? Mas o inimigo das nossas almas que não pode mais nos tocar, nem penetrar na nossa vida, tem usado a lei para que, em vez de haver uma Igreja feliz e liberta, vai continuar havendo um sistema escravizador, que é o sistema protestante.

            Qual é a esperança superior que foi introduzida?

            A Graça de Deus!

            Ora, se eu tenho uma mensagem que é uma esperança superior, por que eu vou viver do que é inferior?!

            Se eu tenho uma mensagem que é Espírito e vida, por que eu vou viver de uma mensagem que é inferior e inútil?  Levanto 21 itens para salientar o que a graça nos mostra:

 

 A questão do pecado.

Antes da Cruz havia pecado. João 1:29  “No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! 

 Depois da cruz Hebreus 9:26 “Ora, neste caso, seria necessário que ele tivesse sofrido muitas vezes desde a fundação do mundo; agora, porém, ao se cumprirem os tempos, se manifestou uma vez por todas, para aniquilar, pelo sacrifício de si mesmo, o pecado.”O pecado foi aniquilado.

Antes da cruz havia a lei de Moisés.Mateus 5:17 “Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir.”  Lá, vigia a lei de Moisés.

Depois da cruz: Romanos 10:4 “Porque o fim da lei é Cristo, para justiça de todo aquele que crê.” Antes da cruz a Lei, depois da cruz a fé.

Antes da cruz havia morte. Diz em Romanos 5:17 “Se, pela ofensa de um e por meio de um só, reinou a morte, muito mais os que recebem a abundância da graça e o dom da justiça reinarão em vida por meio de um só, a saber, Jesus Cristo.” 

Depois da cruz: a Graça.

 

Antes da cruz se vivia de obras. Diz Romanos 10:5 “Ora, Moisés escreveu que o homem que praticar a justiça decorrente da lei viverá por ela.”

Depois da cruz: Romanos 1:17 “visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito: O justo viverá por fé. O viver é por fé e graça.

 

 5º  Antes da cruz,  Jesus era chamado Jesus de Nazaré. 1 João 2:6 “Aquele que diz que permanece nele, esse deve também andar assim como Ele andou”. Isto era antes da cruz, e muitos crentes ainda andam assim.

 Depois da cruz, Jesus Ressuscitado. Romanos 7:4 “Assim, meus irmãos, também vós morrestes relativamente à lei, por meio do corpo de Cristo, para pertencerdes a outro, a saber, aquele que ressuscitou dentre os mortos, a fim de que frutifiquemos para Deus.”

6º  Antes da cruz, possibilidade do inferno. Mateus 18:9 “Se um dos teus olhos te faz tropeçar, arranca-o e lança-o fora de ti; melhor é entrares na vida com um só dos teus olhos do que, tendo dois, seres lançado no inferno de fogo.” Nas  14 epístolas de Paulo,  não se vê uma única vez, ele falando de inferno, porque o inferno não é para os filhos de  Deus, é para o diabo e seus sequazes. Paulo não falou de inferno. Apocalipse 20:15 “E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.”

Quem não tem o nome no livro da vida, sim  vai para o lago de fogo e enxofre, mas nós temos o nome inscrito no Livro da Vida e ninguém o pode apagar. Você acredita que Deus lhe fez para o lago de enxofre?

7º.Antes da cruz havia 12 apóstolos. Mateus 10:1-4 “Tendo chamado os seus doze discípulos, deu-lhes Jesus autoridade sobre espíritos imundos para os expelir e para curar toda sorte de doenças e enfermidades. Ora os nomes são… e Judas Iscariotes, que foi quem o traiu.”

 Depois da cruz um único apóstolo, Paulo. Ia.  Coríntios 4:15 “Porque, ainda que tivésseis milhares de preceptores em Cristo, não teríeis, contudo, muitos pais; pois eu, pelo evangelho, vos gerei em Cristo Jesus.”  Fomos gerados pelo Evangelho da Graça. A mensagem para a igreja gentílica vem do Apóstolo Paulo, e á a mensagem da Graça de Deus.

 Antes da cruz, ministério da circuncisão. Gálatas 2:6,7  “E, quanto àqueles que pareciam ser de maior influência (quais tenham sido, outrora, não me interessa; Deus não aceita a aparência do homem), esses, digo, que me pareciam ser alguma coisa nada me acrescentaram;antes,……. o evangelho da incircuncisão me fora confiado, como a Pedro o da circuncisão.”

 Depois da cruz, o evangelho da incircuncisão.

Antes da cruz se dizia: Deus te abençoe. Números 6:24-27 “O SENHOR te abençoe e te guarde;o SENHOR faça resplandecer o rosto sobre ti e tenha misericórdia de ti;o SENHOR sobre ti levante o rosto e te dê a paz.Assim, porão o meu nome sobre os filhos de Israel, e eu os abençoarei.” Isto é o velho pacto.

Depois da Cruz,Novo Pacto. Efésios 1:3”Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que nos tem abençoado com toda sorte de bênção espiritual nas regiões celestiais em Cristo,” A Bíblia diz que  Cristo já nos abençoou!

10º  Antes da cruz  Satanás estava vivo, dominante. João 12:31Chegou o momento de ser julgado este mundo, e agora o seu príncipe será expulso.” Não tinha sido expulso ainda. Deus disse: vai ser expulso. O quê aconteceu com Satanás? Foi destruído. 1ª  João 3:8 Aquele que pratica o pecado procede do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo.”Hebreus 2:14  “Visto, pois, que os filhos têm participação comum de carne e sangue, destes também ele, igualmente, participou, para que, por sua morte, destruísse aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo.” Se o Diabo foi expulso, foi destruído, por que as igrejas trazem o diabo para dentro delas?

11º Antes do Novo Pacto, antes da cruz, a mensagem era de arrependimento. Mateus 4:17Daí por diante, passou Jesus a pregar e a dizer: Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos céus.” Era a mensagem.

Depois da cruz, mensagem reconciliadora, ministério da Reconciliação.  II Coríntios 5:18-20 “Ora, tudo provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação,…De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus.

 

12ºAntes da cruz, o importante para servir a Deus, era adorar.
João 4:24 diz: “Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade.”

Depois da cruz: Efésios  1:5,6 “Nos predestinou para Ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade, para louvor da glória de sua graça, que Ele nos concedeu gratuitamente no Amado. Agora, não é mais adoração,  é louvor e glória a Deus.

13ºAntes da cruz, cristão judaizante. Gálatas 2:14 “Quando, porém, vi que não procediam corretamente, segundo a verdade do evangelho, disse a Cefas, na presença de todos: se, sendo tu judeu, vives como gentio e não como judeu, por que obrigas os gentios a viverem como judeus?Pedro obrigava os gentios a viverem como os judeus. Hoje, a igreja tradicional obriga os gentios a viverem como judeus.

Depois da cruz, cristianismo: Atos 11: 25,26 “E partiu Barnabé para Tarso à procura de Saulo;tendo-o encontrado, levou-o para Antioquia. E, por todo um ano, se reuniram naquela igreja e ensinaram numerosa multidão. Em Antioquia, foram os discípulos, pela primeira vez, chamados cristãos.” Foi lá que surgiu a nomenclatura cristianismo.

 

 14º  Antes da cruz, batismo em águas, para arrependimento de pecados. Mateus 3:6 e11  “…e eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados.Eu vos batizo com água, para arrependimento; mas aquele que vem depois de mim é mais poderoso do que eu, cujas sandálias não sou digno de levar. Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo.”

 Depois da cruz, Batismo com Espírito Santo . “Mas depois de mim vem um mais poderoso, ele vos batizará com Espírito Santo e com fogo.” Efésios  4:5 “Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo;” Romanos 6:3 “Ou, porventura, ignorais que todos nós que fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte?” Não mais o batismo de João nas águas, é o batismo em Cristo, no Espírito Santo.

15º Antes da cruz, Páscoa judaica. Mateus 26:17 “No primeiro dia da Festa dos Pães Asmos, vieram os discípulos a Jesus e lhe perguntaram: Onde queres que te façamos os preparativos para comeres a Páscoa?”

Depois da cruz, ressurreição, Cristo nossa Páscoa. I Coríntios 5:7: “Lançai fora o velho fermento, para que sejais nova massa, como sois, de fato, sem fermento. Pois também Cristo, nosso Cordeiro pascal, foi imolado.”

 

16º Antes da cruz Shabatum judaico. Lucas 23:56 “Então, se retiraram para preparar aromas e bálsamos. E, no sábado, descansaram, segundo o mandamento.”

Esse retirado era o sábado judaico.

Depois da cruz, o repouso. Hebreus 4:9,10 “Portanto, resta um repouso para o povo de Deus.Porque aquele que entrou no descanso de Deus, também ele mesmo descansou de suas obras, como Deus das suas.” O Shabatum é Jesus em nós. Cristo em nós é a esperança da glória.

           
17º Antes da cruz, o velho pacto. Mateus 5:17 “Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir.”

Depois da Cruz, Novo Pacto-Hebreus 10:9,10 “Eis aqui, estou para fazer, ó Deus, a tua vontade. Remove o primeiro para estabelecer o segundo. No velho pacto, 613 mandamentos, sacrifícios, jejuns, batismos, lei, pagar o preço, o diabo… O Novo Pacto, remove o primeiro e estabelece o segundo, tira a lei, coloca  a Graça.

18º Antes da cruz, havia lei e os levitas. Hebreus 7:12 “Pois, quando se muda o sacerdócio, necessariamente, há também mudança de lei.”

Qual era o sacerdócio no antigo pacto? Moisés e os levitas.

Depois da cruz, Novo Pacto, somos reis e sacerdotes, ministros de uma Nova Aliança.

19º Antes da cruz, a lei era uma sombra. Hebreus 10:1 “Ora, visto que a lei tem sombra dos bens vindouros, não a imagem real das coisas, nunca jamais pode tornar perfeitos os ofertantes, com os mesmos sacrifícios que, ano após ano, perpetuamente, eles oferecem.”

Depois da cruz, Novo Pacto, a realidade de Cristo em nós- A Graça de Deus torna perfeitos, os ofertantes. Na Graça de Deus, nós não temos símbolos, temos o próprio Deus dentro de nós.

20º Antes da cruz, havia fé humana. Hebreus 2:4 “Dando Deus testemunho juntamente com eles, por sinais, prodígios e vários milagres e por distribuições do Espírito Santo, segundo a sua vontade.”

Depois da cruz, a fé é dom, é pela graça. Efésios 2:8  “… pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus.”

21º Antes da cruz, as obras mortas. Hebreus 6:1,2 “Por isso, pondo de parte os princípios elementares da doutrina de Cristo, deixemo-nos levar para o que é perfeito, não lançando, de novo, a base do arrependimento de obras mortas e da fé em Deus,

o ensino de batismos e da imposição de mãos, da ressurreição dos mortos e do juízo eterno.”

Depois da cruz, servir ao Deus vivo e verdadeiro- I Tessalonicenses 1:9“  Pois eles mesmos, no tocante a nós, proclamam que repercussão teve o nosso ingresso no vosso meio, e como, deixando os ídolos, vos convertestes a Deus, para servirdes o Deus vivo e verdadeiro.” Na graça, as obras são preparadas de antemão.

 

            Deus está fazendo a reforma desde 1986 aqui no Brasil. A luta travada contra o sistema legalista tem sido  constante, mas  insistimos na pregação da revelação da Graça de Deus. Ou você vive o Novo Pacto da Graça e se torna um  crente liberto das amarras da lei, ou vive o Velho Pacto, sujeito a uma permanente escravidão.

Carinhosamente,

Apóstolo Miguel Ângelo

Bispo Primaz

Se nossa Mensagem tem abençoado a tua vida, se estas palavras tem feito bem ao teu espírito, ajude-nos a mantê-la, seja um semeador. Com certaza seu dízimo e oferta semeado em nosso ministério de evangelização, será honrado por Deus em tua vida com bençãos sem medidas. CLIQUE AQUI PARA DOAR!

Compartilhar
5 Comentários
  • vera lucia lima lacerda
    02/07/2013em12:59

    Amei este estudo, estava mesmo precisando ter um esclarecimento melhor !
    Deus continue abençoa-los poderosamente !
    Orem por mim !

    • Marcos Luciano dos Santos
      15/10/2016em21:36

      Esta igreja já é abençoada, minha irmã; inclusive com toda sorte de bênçãos.
      Já tive o privilégio de fazer parte dessa igreja, e foi lá que depois de trinta e tantos anos de nascido e criado no meio evangélico, conheci o Cristo Ressuscitado, o fundador da nova aliança. Um dos meus sonhos é conhecer pessoalmente o apóstolo Dr Miguel Ângelo da Silva Ferreira, pois já li 37 livros dele, mas não o conheço pessoalmente!

  • Marcos Luciano dos Santos
    15/10/2016em21:27

    Esta é a verdadeira mensagem da graça de Deus. Inconfundível e clara, Tem que haver uma reforma geral, para que todos os crentes conheçam verdadeiramente o CRISTO RESSUSCITADO. A falta de conhecimento e de amor pela verdade tem feito com que muitos cristãos tentem resistir a esta mensagem. Preferem viver enganado e sendo enganados a ter que ouvir a palavra predestinada de sabedoria. Vivem no: eu acho, eu penso, parece, ao invés de acatar o que a mensagem da graça diz. Esta é a verdadeira teologia, que separa a obra de Deus da obra do engano.

  • Maria Helena
    23/10/2016em17:17

    Ah como quero entender o mistério da graça, pois continuo pecando…

  • Mateus Nhagumbo Joao
    01/03/2017em09:26

    Graça e paz meu amado apóstolo e profeta!

    A genuina graça de Deus. Agradeço a Deus na vida deste homem: Apóstolo Dr Miguel Ângelo da Silva Ferreira que tem nos dado o caminho da verdade. Obrigado Jesus.

Escrever um Comentário