O Triunfo na Cruz.

Você pode ouvir a mensagem Aqui!

TEXTO: Gálatas 6:14-15 “Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo. Pois nem a circuncisão é coisa alguma, nem a incircuncisão, mas o ser nova criatura.”

FILIGRANA: QUANDO DEUS NOS TOMOU E DISSE QUE ÉRAMOS SEUS PARA SEMPRE, DEIXAMOS DE SER ÓRFÃOS, REJEITADOS E INSEGUROS.

Meu irmão amado, o cristianismo é a verdadeira religião, é a única religião que exalta a vida, porque é religião de vivos que pertencem ao Deus vivo. O cristianismo exalta o Cristo Ressuscitado.

Em 1 Coríntios 15:14 diz “E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé;”, ou seja, se nós insistirmos na pregação do Cristo na carne, no sofrimento de Cristo, a nossa fé será vã. A fé e a pregação não serviriam para absolutamente nada, se a ênfase da nossa vida, da nossa mensagem, não fosse o Cristo que ressuscitou.

Na Igreja Cristo Vive, temos convicções espirituais sobre o valor da vida de Jesus, sobre o valor da Sua morte, sobre o valor da obra da cruz, mas, acima de tudo, sobre o valor da ressurreição.

Em Gálatas 6:14 Paulo disse que a sua Glória estava no fato que aconteceu na cruz do Calvário. Através da morte mais maldita, da morte mais intolerável, Cristo “nos resgatou da maldição do pecado e da lei, fazendo-se Ele mesmo maldição em nosso lugar.” Jesus nos resgatou e se tornou nosso substituto.

Para que o pecado e a maldição saíssem da nossa vida, era preciso que todos nós passássemos pela cruz, mas Deus não poderia fazer isso. Então, Ele se fez maldito, pegou o meu pecado, o teu pecado, a maldição, o castigo e a dor e trouxe para a Sua vida e encravou tudo na cruz do Calvário.

Se não fosse a cruz, não haveria motivo de vida. Vejamos 3 versículos bíblicos muito importantes:

Romanos 6:23 “porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.”

Ezequiel 18:4Eis que todas as almas são minhas; como a alma do pai, também a alma do filho é minha; a alma que pecar, essa morrerá.”

Romanos 5:12 “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.”

Quando unimos esses três versículos, começamos a nos glorificar na cruz de Cristo. Vejamos o Salmo 51:5 que explica isso racionalmente. “Eu nasci na iniqüidade, e em pecado me concebeu minha mãe.”

Quando nascemos, foi em pecado. E, como nascemos em pecado, alguém teria que morrer para remover o nosso pecado para sempre. Jesus tomou o nosso lugar na cruz, foi o nosso substituto, pagou o preço por nós.

Agora, ao nascermos em pecado, em iniqüidade, tínhamos algo diferente das pessoas do mundo. Nascemos em pecado e iniqüidade, mas éramos ovelhas. Éramos conhecidos de Deus. Romanos 8:29-30 “Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou.”

Ou seja, a nossa existência não começou quando papai e mamãe nos conceberam. A Palavra diz que Deus nos conheceu de antemão.

Nenhum de nós foi chamado para pertencer ao diabo. Fomos chamados para termos a imagem de Jesus.

Ninguém é salvo e justificado pelo Sangue de Cristo, se não foi conhecido por Deus antes da fundação do mundo, de antemão. Pedro explica isso com maestria. 1 Pedro 1:1-2 “Pedro, apóstolo de Jesus Cristo, aos eleitos que são forasteiros da Dispersão no Ponto, Galácia, Capadócia, Ásia e Bitínia, eleitos, segundo a presciência de Deus Pai, em santificação do Espírito, para a obediência e a aspersão do sangue de Jesus Cristo, graça e paz vos sejam multiplicadas.”

A palavra presciência vem do original grego PROGNOSIS, que quer dizer que a nossa eleição foi uma decisão tomada por Deus, que é Soberano. É preciso que possamos entender isso com clarividência porque, se Deus nos conheceu de antemão e decidiu a nossa vida e nos predestinou, naturalmente, que nós teríamos que ser chamados, justificados e glorificados. 

Portanto, a morte é importante, mas a ressurreição é mais importante e mais forte, para uma herança incorruptível. O que Deus promete não se corrompe, não tem mácula.

Como é que se vê se uma pessoa é para salvação? Quem crê na Palavra, recebe-a e recebe Jesus como Senhor e Salvador. Pedro explica isso muito bem: versículo 9 “Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;”.

Isso é maravilhoso! Quando recebemos Jesus, toda obra da cruz passa às nossas vidas. Todos os benefícios da obra da cruz são nosso direito. Por isso que o crente que é renascido, que é raça eleita e propriedade exclusiva de Deus, tem um chamado a gloriar-se na cruz porque a cruz nos trouxe vitórias.

Agora, é preciso que eu explique um pouco mais o que aconteceu na cruz do Calvário. É claro que eu teria que ter muitas horas para explicar tudo, mas, pelo menos, 12 fatos quero que tu guardes, memorizes. Doze, por quê? Porque doze, na Bíblia, é um número de governo. Doze apóstolos, doze tribos, vinte e quatro anciãos. O doze é o que representa, na Bíblia, o governo de Deus sobre a Igreja. Eu vou falar de 12 aspectos importantes que ocorreram na cruz do Calvário.

Primeiro – Na cruz e na vitória na cruz, o plano da salvação se completou.

Tudo começou em Gênesis 3:15 “Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.”

Na Terra há duas descendências: a da serpente, os descendentes do diabo, e os descendentes da salvação. Aí está a grande guerra espiritual da humanidade. Ferir a cabeça foi o que Jesus fez na cruz do Calvário, para que se completasse o plano da salvação. Vou dizer uma coisa: Tu nunca mais podes ser derrotado por um inimigo que tenha a cabeça esmagada. O inimigo foi derrotado por Jesus na cruz. O inimigo não pode mais nos controlar, não pode mais nos manipular, não pode mais nos humilhar, não pode mais nos arruinar, porque Jesus é o Senhor, é o provedor. Ele triunfou na cruz!

Segundo – Na cruz, Jesus venceu.

A voz das muitas águas venceu e, hoje, por causa dessa vitória de Jesus na cruz, quando oramos, demônios, espíritos enganadores e opressores fogem porque algo vitorioso aconteceu na cruz. Lê Apocalipse 12:10-12.

A cruz nos trouxe vitória. É importante que a Igreja de Jesus creia nisso. Então, não deixes de falar da obra de Cristo na tua vida. Não deixes de falar de quem eras no passado. Não tenhas medo. O poder do testemunho é poderoso!

Terceiro – Na cruz, fomos redimidos das garras do diabo.

Salmo 107:2 “Digam-no os remidos do SENHOR, os que ele resgatou da mão do inimigo.”Efésios 2:3.

O tempo que estivemos nas garras do inimigo foi de ignorância. Mas um dia, o Senhor nos resgatou de tudo isso. Mas quando Ele nos resgatou? Quando Ele esmagou a cabeça da serpente na cruz do Calvário. Foi lá.

É importante entendermos o triunfo na cruz; saber que, na cruz, fomos redimidos das garras do inimigo, fomos justificados pelo Sangue, santificados, libertados, redimidos para sempre. Temos o dom de Deus.

Quarto – A vitória na cruz, e nela nos gloriamos, fez com que a maldição da lei fosse removida.

Romanos 10:4 diz “Porque o fim da lei é Cristo, para justiça de todo aquele que crê.”

O fim da lei é Cristo para justiça de todo o que crê. Nós vivemos no Pacto melhor e superior porque a lei terminou. O fim da lei é Cristo. E quando a lei sai da vida de uma pessoa, a Bíblia se torna diferente, até o sorriso é diferente, tudo é diferente. Vejamos o que o fim da lei fez. Romanos 8:1 “Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.”

Foi por isso que Paulo disse que se gloriava na cruz.

Gálatas 5:1-9 “Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão. Eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará. De novo, testifico a todo homem que se deixa circuncidar que está obrigado a guardar toda a lei. De Cristo vos desligastes, vós que procurais justificar-vos na lei; da graça decaístes. Porque nós, pelo Espírito, aguardamos a esperança da justiça que provém da fé. Porque, em Cristo Jesus, nem a circuncisão, nem a incircuncisão têm valor algum, mas a fé que atua pelo amor. Vós corríeis bem; quem vos impediu de continuardes a obedecer à verdade? Esta persuasão não vem daquele que vos chama. Um pouco de fermento leveda toda a massa.”

Paulo explicou duas coisas muito importantes que a igreja precisa saber.

Quem são as pessoas que se desligam de Cristo? Não é que o crente perca a salvação. Desligar-se de Cristo é não seguir a sã doutrina de Cristo. Quem são as pessoas que decaem da graça? Quem não vive os benefícios da Graça.

Portanto, não podemos deixar que um pouco de fermento levede toda a massa, mas devemos lembrar que a cruz faz esquecer o passado e, por isso, nós nos regozijamos. Em 2 Corintios 5:17 diz “se alguém está em Cristo é nova criatura, as coisas antigas se passaram e eis que se fizeram novas.”

Amado, estou na obra de Deus há 30 anos. Há 27 anos como Pastor. Nunca ninguém veio pedir autorização para pecar. Quem tem “DNA de pecado”, peca e não pergunta a ninguém se pode. Agora, quem tem a semente divina foge do pecado. Duvido que uma pessoa de Deus tenha prazer no pecado. O Espírito de Deus não deixa a pessoa se sentir bem em pecar. Sabes por que, amado? Porque em Romanos 5:20 diz “Sobreveio a lei para que avultasse a ofensa; mas onde abundou o pecado, superabundou a graça,”.

O que aconteceu depois que recebemos Jesus? Superabundou a Graça de Deus. Se estamos na super graça. A nossa fé é super. Aleluia! Somos crentes que valorizam a obra da Graça de Deus. Lê Isaías 1:18.

Quinto - A vitória na cruz nos trouxe paz com Deus.

Colossenses 1:20-23 diz: “e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus. E a vós outros também que, outrora, éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras malignas, agora, porém, vos reconciliou no corpo da sua carne, mediante a sua morte, para apresentar-vos perante ele santos, inculpáveis e irrepreensíveis, se é que permaneceis na fé, alicerçados e firmes, não vos deixando afastar da esperança do evangelho que ouvistes e que foi pregado a toda criatura debaixo do céu, e do qual eu, Paulo, me tornei ministro.”

Não fizemos a paz. Ele fez a paz. Cristo fez a paz pela cruz. Na cruz a separação acabou, nós fomos reconciliados. Hoje nós temos paz. Temos uma paz inexplicável. Ela excede todo entendimento. Lê João 16:33.

Sexto – Na cruz, a autoridade do inimigo terminou para sempre.

Colossenses 2:15 “e, despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz.”

O mundo todo viu: Jesus triunfou!

Hebreus 2:14 “Visto, pois, que os filhos têm participação comum de carne e sangue, destes também ele, igualmente, participou, para que, por sua morte, destruísse aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo,”.

O diabo não pode mais entrar na nossa vida. Não pode existir um crente possesso, não existe. O nosso corpo está fechado. Somos propriedades exclusivas de Deus. Somos templo do Espírito Santo. A autoridade do inimigo terminou sobre a nossa vida. Lê 1 João 3:8.

Sétimo – Doenças e enfermidades terminaram na cruz do Calvário.

1 Pedro 2:24 “carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados.”

Portanto, nunca mais digas que és pecador. Tu tens Jesus, és santo, justo, tens paz com Deus. Ele é o mesmo de ontem, hoje e para sempre. O Seu amor é o mesmo. A Sua Graça é a mesma. A Sua paz é a mesma e a Sua cura é a mesma.

Oitavo – Na cruz, a nossa morte acabou. A morte morreu.

João 11:25-26 “Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá; e todo o que vive e crê em mim não morrerá, eternamente. Crês isto?”

Ainda que morramos na carne, viveremos eternamente. A pessoa que morre em Cristo vive eternamente. Quem não morre em Cristo eternamente sofrerá. Lê Apocalipse 1:18.

Diz o Salmo 23-4 “Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque tu estás comigo; o teu bordão e o teu cajado me consolam.” Não precisamos temer a morte, porque ela morreu na cruz.

Nono – A pobreza acabou na cruz do Calvário.

Deus nos deu uma herança. Galátas 3:29 diz: “E, se sois de Cristo, também sois descendentes de Abraão e herdeiros segundo a promessa.

Deuteronômio 8:18 “Antes, te lembrarás do SENHOR, teu Deus, porque é ele o que te dá força para adquirires riquezas; para confirmar a sua aliança, que, sob juramento, prometeu a teus pais, como hoje se vê.” Graças a Deus a pobreza acabou.

Décimo - A vergonha terminou. A obra feira na cruz esmagou a vergonha.

Se Satanás mostra o passado, mostramos-lhe qual é o seu futuro. Isaías 61:7 diz: “Em lugar da vossa vergonha, tereis dupla honra; em lugar da afronta, exultareis na vossa herança; por isso, na vossa terra possuireis o dobro e tereis perpétua alegria.”

Só o crente da Graça de Deus tem alegria, amado! O resto vive como que em um muro de lamentações de Jeremias. Não somos perfeitos na carne, mas somos vitoriosos na carne.

Décimo primeiro – O véu se rasgou na cruz do Calvário.

Mateus 27:51 “Eis que o véu do santuário se rasgou em duas partes de alto a baixo; tremeu a terra, fenderam-se as rochas;”.

De alto a baixo quer dizer que o caminho para a presença de Deus foi aberto. Nós temos acesso ao Pai. Lê Hebreus 10:19-23.

Amado, já podemos entrar no Santo dos Santos. Não precisamos mais pedir a um Padre, a um Rabino, ao Pastor ou ao Bispo, nem a Maria para pedir ao Filho, para o Filho pedir ao Pai. Lê Hebreus 4:14-16.

Quando falamos com Deus, recebemos misericórdia, achamos graça e socorro.

Décimo segundo - A rejeição foi derrotada.

Se há um espírito que ofende, é o espírito da rejeição. Amado, na cruz, Jesus derrotou a rejeição. Por quê? Porque houve um momento em que Ele se sentiu rejeitado. Mateus 27:46 O Senhor diz: “Por volta da hora nona, clamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá sabactâni? O que quer dizer: Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?”

Jesus sentiu a rejeição do Pai por causa dos nossos pecados. Deus não tem parte com o pecador. Ele não poderia falar comigo, falar contigo, se fôssemos pecadores. Então, naquela hora, Jesus sente o espírito da rejeição porque Ele encarna o pecado de todos os eleitos do mundo. Ele conhecia o peso do espírito de rejeição. Lê Isaías 49:15-16.

Quando Deus nos tomou e disse que éramos Seus para sempre, deixamos de ser órfãos, rejeitados, inseguros.

Efésios 4:8 diz: “Por isso, diz: Quando ele subiu às alturas, levou cativo o cativeiro e concedeu dons aos homens.”

Acabou o cativeiro, aquele que nos prendia, que nos humilhava, que nos adoecia. A vitória chegou! Ele ressuscitou! Ele está vivo! Maior é aquele que está em nós do aquele que está neste mundo.

A obra realizada na cruz de Cristo é motivo de glória. O Sangue ali derramado faz com que sejamos livres. Ele morreu, mas ressuscitou! Ele está vivo! A cruz traz vitória, vida, prosperidade, saúde, liberdade no Cristo que ressuscitou.

Se há alguma coisa em que temos que nos gloriar, gloriemo-nos na cruz.

Os doze itens que mostrei neste Recado, junto com mais outras centenas, fazem de nós, cidadãos do Reino, eleitos para viver a eternidade.

ASSIM SEJA! ASSIM DISSE O SENHOR!

Teu Apóstolo, irmão e amigo, Miguel Ângelo.

TV CRISTO VIVE

TV Cristo Vive

Clique e assista

Participe de nossos cultos ao vivo, direto de nossa Sede Internacional no Rio de Janeiro - Brasil.

CULTOS

Cultos Brasil

Áudio | Vídeo

Domingo - 9:00h e 18:00h
Segunda-feira - 19:30h Quarta-feira - 19:30h

Cultos Portugal

cristoviveportugal@gmail.com

Domingo - 10:00
Segunda-feira - 20:30
Quarta-feira - 20:30
Horário de Lisboa

Cristo Vive em Portugal

ARQUIVOS

Visite nosso arquivo de mensagens em Áudio ou Video
Visite nosso arquivo de mensagens em texto

Cristo Vive em Portugal Blog do Eleito Facebook TV Online Milagres Vivos Youtube TV Cristo Vive Youtube Igreja Cristo Vive Palavra Profética