+55 (21) 3017-9090

Rua Maricá, 320 - Rio de Janeiro

Top

CONHECENDO A DEUS – IMITAÇÃO DO CRISTIANISMO

CONHECENDO A DEUS – IMITAÇÃO DO CRISTIANISMO

Jeremias 9:23-24 “Assim diz o SENHOR: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem o forte, na sua força, nem o rico, nas suas riquezas; mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me conhecer e saber que eu sou o SENHOR e faço misericórdia, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR.”

Vamos compartilhar sobre IMITAÇÕES E FALSIFICAÇÕES DO CRISTIANISMO.

O que é uma imitação ou uma falsificação? É uma coisa que parece real, mas é uma fraude.

Certa vez, chegou um irmão e me perguntou se eu queria comprar um relógio Rolex. Eu disse que sonhava em ter um Rolex. Ele me mostrou um que, quando perguntei quanto custava, disse-me que custava cinco reais. Falsificação, imitação. Mas também há muitas crenças falsas. A minha missão, como Pastor de almas, consagrado e chamado por Deus, é ajudar pessoas, não só a mudarem comportamentos ou o seu exterior – isso é um fato pouco relevante -, mas a minha missão é fazer as pessoas mudarem suas crenças.

Muitas pessoas chegam à igreja com crenças absolutamente erradas. Por isso, Jesus disse em João 8:32 “e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”

Todos chegamos à igreja cheios de equívocos. Uns acreditavam em fitas, outros em patuás, outros em guias, santinhos, horóscopo, em muita coisa.

Não adianta ter um crucifixo à volta do pescoço se Jesus não está no coração. Não adianta ter uma Bíblia, se a Bíblia não mudou a forma de falar, de confessar. Tiago explica isso, em Tiago 1:22 “Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.” Lucas 6:46.

O que adianta dizermos que somos crentes, botarmos um cordão à volta do pescoço, um crucifixo, uma imagem, andar com uma Bíblia debaixo do braço e não fazermos o que Jesus manda? Vê João 15:14 “Vós sois meus amigos, se fazeis o que eu vos mando.”

Só somos, realmente, discípulos de Jesus, se fizermos o que Ele manda. Portanto, não é o que crês que te torna um cristão, mas aquilo que obedeces, que fazes porque Jesus manda fazer. Lê Tiago 2:19.

Diz João 8:31 “Disse, pois, Jesus aos judeus que haviam crido nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, sois verdadeiramente meus discípulos;”.

Se tu seguires a Bíblia Sagrada, verdadeiramente, és discípulo de Cristo. Senão, és imitador, vives uma vida falsa, estás te enganando a ti mesmo. Lê 2 Coríntios 13:5.

É possível uma pessoa estar na Igreja, mas não estar na fé, não obedecer à Palavra? Sim, estando enganando a si mesmo, porque ouve a Palavra e não a pratica. Lê Jeremias 9:23-24.

A coisa mais importante da vida é conhecer o Deus da Bíblia Sagrada, porque existem muitos deuses. As nações estão cheias de deuses. Os budistas dizem que Buda é deus. Os muçulmanos dizem que Alá é deus. Os católicos dizem que Maria é deusa. Cada religião tem um deus, ou muitos deuses. Deus diz que nós temos que O conhecer. A maior Glória que podemos receber é conhecer Jesus. Não o Jesus para andar pendurado no pescoço, não o Jesus de ouro, prata, cobre, que pendura no armário, no móvel, na entrada de casa, no vidro do carro, na campa, no cemitério. Não! Não é esse Jesus. Precisamos conhecer, legitimamente, a revelação Daquele que é sobre tudo, que é poderoso, o ressuscitado.

As nações estão cheias de cristãos que são imitações, mas que não são realmente discípulos. Vivem num profundo engano diariamente. Por isso a necessidade dessa última reforma protestante dentro da Igreja Cristã. A primeira reforma foi no seio da Igreja Romana. Esta última reforma é no seio da Igreja Protestante. Se os trinta e cinco milhões de crentes do Brasil fossem, verdadeiramente, transformados, fariam uma grande revolução espiritual. Se um bilhão e meio de cristãos no mundo fossem, verdadeiramente, transformados, se conhecessem Deus, iriam impedir as constituições dos países de aprovarem casamento entre pessoas do mesmo sexo, não aprovariam o aborto livre, não aprovariam os líderes religiosos homossexuais ou lésbicas, as escolas não aceitariam ensinos que fossem diferentes da Bíblia.

Hoje, em muitos lugares públicos, se leres a Bíblia, torna-te ofensivo. Se esse um bilhão e meio, começando pelos trinta e cinco milhões do Brasil, não aceitassem casamentos com quem fosse das trevas, não se associassem a pessoas do diabo, educassem seus filhos segundo a lei de Deus e não do mundo, as bancas de pornografia da cidade estariam todas fechadas, não aceitariam paradas gays. Muitas igrejas estão cheias de idolatria, rituais, dão suporte àquilo que Deus proíbe.

O que nós cremos influencia o caráter, o comportamento, muda o nosso destino.

Estamos mostrando o verdadeiro Deus, Aquele que é bíblico, que salva, que liberta, que cura, que transforma. Ele diz isso em Mateus 7:21 “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.”

Há muita gente que fica gritando: “Senhor, Senhor!” Não é só dizer: “Senhor!” Não é só dizer que ama a Deus. É necessário viver a Bíblia Sagrada.

Jesus disse que é preciso fazer a vontade do Pai. Mateus 7:22-23 “Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade.”

Nós precisamos aprender quem é o verdadeiro Deus. Porque muitos lugares que fazem curas, milagres e expelem demônios, nunca foram conhecidos de Jesus. E o que conhece Deus, o que segue a Palavra? Esses, Ele conheceu desde antes da fundação do mundo. Lê Jeremias 1:5.

Jesus disse em João 10:27 “As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem.” Elas não dão ouvidos a vozes estranhas.

Quer dizer que, num lugar onde, às vezes, parece que há milagre, exaltação a Deus, na realidade, é o diabo que está lá. Olha o que Jesus disse em Mateus 24:3 “No monte das Oliveiras, achava-se Jesus assentado, quando se aproximaram dele os discípulos, em particular, e lhe pediram: Dize-nos quando sucederão estas coisas e que sinal haverá da tua vinda e da consumação do século.” Eles queriam que Jesus mostrasse qual era o sinal que Ele estaria para voltar.

Continua no versículo 4 “E ele lhes respondeu: Vede que ninguém vos engane.” Jesus mostrou qual era o sinal, mas Ele disse: “que ninguém vos engane”. Jesus estava dizendo que o problema número um, neste final dos tempos, é o engano. O problema número um não é o adultério, mas o engano. Muitos crentes têm sido derrotados, porque são enganados. Lê Mateus 24:11.

Diz Mateus 24:24 “porque surgirão falsos cristos e falsos profetas operando grandes sinais e prodígios para enganar, se possível, os próprios eleitos.” Qual é o alvo do demônio? Os eleitos.

Pedro diz em 1 Pedro 4:17 “Porque a ocasião de começar o juízo pela casa de Deus é chegada; ora, se primeiro vem por nós, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus?”

Entendeste? Onde Jesus vai fazer o Seu juízo? Não é no mundo. O mundo já está condenado. É na Sua Casa. Por isso é que nós precisamos conhecer Deus na Sua plenitude.

Tu estás conhecendo Jesus como soberano. A Bíblia que eu te ensino vai afetar a tua família, o teu casamento, o teu lar, os teus negócios, as tuas decisões, os teus filhos, a tua língua. Senão, tu estarás te enganando, não estarás conhecendo o verdadeiro Deus. Serás uma imitação. Serás um Rolex de cinco reais, quando ele custa cinco mil. Lê Oséias 4:6.

Por isso, tenho muita pena de pessoas salvas, que estão, às vezes, por fidelidade e amor a Deus, com as mãos na cabeça orando para tirar o demônio. Estão sendo enganadas, porque isso é falsidade.

Diz Romanos 8:1 “Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus.”

Grande parte do povo de Deus só vive debaixo de condenação, porque o pregador impinge isso ao povo. Na Graça de Deus, a Bíblia é a base da nossa vida. O Deus da Bíblia diz que salva o pecador do pecado, cura todas as enfermidades, livra de espíritos enganadores, responde na hora do fogo, ouve quando oramos, envia anjos quando estamos em perigo. Ele cobre por trás, por diante, por cima, pelo alto. Esse é o Deus da Bíblia. Lê Deuteronômio 8:18.

Agora, vem a teologia de Satanás e diz que nós podemos fazer o que quisermos, que não há regras, que não há disciplina, que não há o certo, que não há o errado. Diz que a carne para nada aproveita. Amado, os mandamentos de Deus não são sugestões, são ordens, são conselhos de Deus. Entendemos que, perante o pecado, somos “tolerância zero.”

Diz João 1:12 “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome;”. Não é quem o aceitou, mas quem O recebeu, confessou.

Quem são as pessoas que têm poder de serem filhos de Deus? Os que crêem, os que obedecem, os que são filhos. Filhos são filhos. Deus não tem netos. Deus não tem filho do filho, que é neto de Deus. Não existe!

Não somos imitadores do cristianismo. Devemos ser pessoas cuja fé é baseada em Cristo e na Palavra, que cremos e obedecemos, que vemos progresso, que não andamos em círculos, sabemos que a vontade de Deus é importante. Amado, não é a minha vontade. Não é a tua vontade. É a de Deus.

Diz em Marcos 4:20 “Os que foram semeados em boa terra são aqueles que ouvem a palavra e a recebem, frutificando a trinta, a sessenta e a cem por um.”

Então, quando tu conheces Deus, o mundo já não te atrai mais, os apelos do mundo já não servem para ti. Isso é a prática da tua vida.

O que Paulo disse aos Filipenses 3:8 “Sim, deveras considero tudo como perda, por causa da sublimidade do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; por amor do qual perdi todas as coisas e as considero como refugo, para ganhar a Cristo” Refugo quer dizer lixo. Lê Filipenses 3:9-10.

Paulo disse que o resto não contava na sua vida, é refugo. O que importava a ele era conhecer Jesus, conhecer o poder da ressurreição, acreditar na Palavra, não suspeitar, não ter dúvida, lançar-se na Palavra. Muitas pessoas ainda são atraídas pelo mundo. Não são salvas. Amam o mundo, são controladas pelo mundo. O mundo não presta. O mundo destrói a família, os valores morais. Lê Tiago 4:4.

Diz Tiago 4:5 “Ou supondes que em vão afirma a Escritura: É com ciúme que por nós anseia o Espírito, que ele fez habitar em nós?”

Tu sabes que o Espírito Santo tem ciúmes de nós? Mas, não é um ciúme doentio, que fica vendo se cheira a perfume, se tem batom. Não! É zelo.

Quando o Espírito Santo começa a perceber que tens o teu coração ligado aos valores do mundo, Ele se entristece. Há gente em quem o Espírito está apagado, porque entristeceu a Deus. Deus disse para ele não se associar às trevas, mas ele associou-se. Para não namorar com quem é do demônio, e ele namorou. Para não faltar à igreja, e ele faltou. Então, é hora de entenderes que o Espírito Santo tem ciúmes, zelo. Ele não divide a tua vida com ninguém. Tu és Dele, propriedade exclusiva de Deus, para a Glória do Senhor.

Daniel diz em Daniel 11:32 “Aos violadores da aliança, ele, com lisonjas, perverterá, mas o povo que conhece ao seu Deus se tornará forte e ativo.”

Quem perverte são as pessoas que amam o mundo mais do que a Deus. Não sigas conselhos de pessoas que são fracassadas na vida. Ouve sempre quem é bem-sucedido. Jesus foi a pessoa mais bem-sucedida da Terra. Ele transforma situações. Ele supre necessidades. Tu tens que ouvi-Lo e seguir os Seus conselhos. Não ouças conselhos de pessoas fracassadas. Os conselhos de Jesus são os certos. Se Ele manda fazer alguma coisa, faz! Mesmo que isso te pareça incrível, mas faz! Quando tu conheces Deus, és discípulo, amas, és convertido, a tua vida muda. Tu começas a entender que Deus tem métodos. Os Seus métodos multiplicam as coisas que são feitas para Ele.

Marcos 4:26-29 “Disse ainda: O reino de Deus é assim como se um homem lançasse a semente à terra; depois, dormisse e se levantasse, de noite e de dia, e a semente germinasse e crescesse, não sabendo ele como. A terra por si mesma frutifica: primeiro a erva, depois, a espiga, e, por fim, o grão cheio na espiga. E, quando o fruto já está maduro, logo se lhe mete a foice, porque é chegada a ceifa.” A terra já tem as instruções de Deus.

Então, o que Deus está dizendo à Igreja? Deus sempre se apresenta como um agricultor. E tudo o que Deus faz, faz por intermédio de sementes plantadas. Para nós termos plantas, flores, foi preciso que uma semente fosse semeada, germinasse e produzisse essas flores. Agora, sementes não crescem repentinamente. Por isso ele disse que tu deitas, acordas e sem saber como, a semente germina.

A vontade de Deus é que todos prosperem, que ninguém tenha dúvidas a respeito disso. Deus só opera onde há fé manifestada. E a vontade de Deus é que todas as nossas necessidades sejam supridas em todas as áreas! Ele disse em 3 João 1:2 “Amado, acima de tudo, faço votos por tua prosperidade e saúde, assim como é próspera a tua alma.”

Gálatas 6:7 “Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará.” A nossa vida toda depende de uma sementeira. Se tu queres ser advogado, semeia! Faz faculdade, estuda, que tu vais ser advogado. Se queres ser muito amado, na Igreja, precisas semear: começa a amar as pessoas. Se tu queres ser respeitado na tua empresa, começa a respeitar as pessoas. Aquilo que o homem semear vai colher. Essa é uma lei que não muda. Tu estás conhecendo Deus.

Diz em Lucas 6:38 “dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também.” Ou seja, a forma como tu fazes as coisas de Deus, é a forma como tu recebes. A medida com que tu medes, com a forma como tu recebes as coisas de Deus, é como tu és medido. Em todas as áreas da vida! Por isso, tem cuidado com a vida espiritual, com a vida de oração, com a leitura bíblica, com o teu linguajar, com a tua família, com a forma de educar, com o teu testemunho, onde trabalhas. Isso tudo é uma sementeira.

O tamanho da nossa colheita não depende de Deus, mas da semeadura.

Diz em 2 Coríntios 9:6 “E isto afirmo: aquele que semeia pouco pouco também ceifará; e o que semeia com fartura com abundância também ceifará.”

Semeia primeiro, para colher depois. Há pessoas que pensam assim: “Pastor, se Deus me der um negócio que eu tenho lá com uma loja, se eles me chamam lá e eu vendo quinhentas televisões, eu vou trazer o meu dízimo e a minha oferta para a Igreja.” Tu não vais vender quinhentas televisões. É o contrário. Porque ninguém colhe feijão se não semear feijão.

Se tu desejas te tornar um grande advogado, um grande médico, ter uma confecção, uma loja, um restaurante, uma pastelaria, semeia e acredita que vais ter o que desejas. Estou te ensinando. Tu estás conhecendo Deus. O resto, irmão, é lixo. Estou te mostrando a verdade de Deus. Começa a semear.

Existem vários tipos de sementes financeiras. Existem dízimos, ofertas alçadas, ofertas por projetos especiais e as ajudas às viúvas e aos pobres. O dízimo é o quê? O dízimo é o mais importante. Nós honramos a Deus e Ele nos abençoa. O inimigo fica repreendido e amarrado. Portas das prisões financeiras se abrem. Porque a Bíblia diz que Ele abrirá as janelas dos céus. Lê Malaquias 3:10.

As ofertas alçadas, que nós damos na Igreja, servem para quê? Para aumentar o padrão de vida. Quanto tu não quebras a tua sistemática, a tua constância, aumenta o teu padrão de vida. E as ofertas especiais, os projetos especiais? É quando tu precisas vencer uma crise financeira ou alcançar alguma coisa que é um sonho na tua vida. Depois, existem as ajudas às viúvas e aos pobres. A Bíblia diz que a verdadeira religião é cuidar das viúvas e dos pobres. Ler Tiago 1:27.

Então, a Bíblia deixa claro que, se tu ajudas um pobre, estás ajudando a Deus.

Portanto, eu termino, dizendo: Segue os conselhos de Jesus. O que semeia com fartura, colhe com abundância. Sê um crente de verdade. Tu tens sonhos? Tu tens um projeto especial? Tu tens algo que anseias muito? Tu queres ter um escritório, um consultório, um negócio novo, uma casa, um prédio, um carro, um terreno, uma casa de praia? Qual é o teu sonho?

Então, vamos semear para que Deus tenha a oportunidade de nos mostrar como Ele é poderoso para fazer infinitamente mais do que pedimos ou do que pensamos. Amém

                                                                           Teu Apóstolo, irmão e amigo, Miguel Ângelo.

Se nossa Mensagem tem abençoado a tua vida, se estas palavras tem feito bem ao teu espírito, ajude-nos a mantê-la, seja um semeador. Com certaza seu dízimo e oferta semeado em nosso ministério de evangelização, será honrado por Deus em tua vida com bençãos sem medidas. CLIQUE AQUI PARA DOAR!

Compartilhar
Nenhum Comentário

Escrever um Comentário