+55 (21) 3017-9090

Rua Maricá, 320 - Rio de Janeiro

Top

VIDA VITORIOSA DO REMIDO

VIDA VITORIOSA DO REMIDO

Salmo 107:1-2 “Rendei graças ao SENHOR, porque ele é bom, e a sua misericórdia dura para sempre. Digam-no os remidos do SENHOR, os que ele resgatou da mão do inimigo”.

Quando uma pessoa é remida pelo Senhor, conscientiza-se de que tem armas espirituais a seu favor.
Ora, qual é a maior arma espiritual que nos concede vitória, que apaga toda a força da carne, que faz com que vivamos vitoriosamente e que não dá lugar nem espaço para o inimigo na nossa vida? Só existe uma arma capaz de fazer isso: o Conhecimento da Verdade.
Lembra-te de que o Profeta Oséias disse que povo vinha sendo destruído porque lhe faltava Conhecimento?
Bem, se a falta de Conhecimento gera vidas destruídas, então é preciso dizer ao povo de Deus da importância de se conhecer a Palavra, para que a vida seja vitoriosa.
Agora, não é qualquer conhecimento. Existem tradições, costumes, teorias, filosofias, humanismo, secularismo, muita coisa errada dentro da obra de Deus.

O Conhecimento que gera poder e autoridade é o Conhecimento da Revelação da Graça do Senhor. Precisamos saber, definitivamente, que nenhum ensino da tradição evangélica, daqueles que habitualmente a maioria do povo de Deus recebe: abluções, sacrifícios, cerimônias, dias de festa, pagar o preço, tem qualquer poder para fazer com que uma vida seja vitoriosa. Tanto é verdade que o Senhor Jesus Cristo, em Marcos 7:7-9 13, disse assim: “E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. Negligenciando o mandamento de Deus, guardais a tradição dos homens. E disse-lhes ainda: Jeitosamente rejeitais o preceito de Deus para guardardes a vossa própria tradição.””invalidando a palavra de Deus pela vossa própria tradição, que vós mesmos transmitistes; e fazeis muitas outras coisas semelhantes.”
Tradicionalmente, a igreja evangélica à volta do mundo invalida a Palavra de Deus, obscurece o Conhecimento, cria véus espirituais, impede o homem de conhecer Deus na medida da profundidade que Ele quer que O conheçamos.
O Conhecimento da Graça de Deus é mais forte do que a droga, do que o álcool, do que o craque, do que a cocaína, do que as paixões desordenadas… não há nada mais poderoso nesta terra do que o Conhecimento da Revelação de Deus! A pessoa pode estar num tremedal de lama, pode estar no pó, no momento em que o Conhecimento de Deus vem à sua vida, no momento em que os seus olhos espirituais são iluminados, no momento em que os véus são retirados, ela se torna uma pessoa poderosa!
Em 2 Pedro 3:10-11, 18, o Senhor, usando o Apóstolo Pedro, disse algumas Palavras estimulantes a respeito disto. Olha o que diz a Bíblia: “Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas. Visto que todas essas coisas hão de ser assim desfeitas, deveis ser tais como os que vivem em santo procedimento e piedade,”. “antes, crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja a glória, tanto agora como no dia eterno.” Meu amado, para vivermos com um santo procedimento é preciso crescer na Graça e no Conhecimento de Deus.
Lembra-te de uma coisa: o próprio Senhor Jesus Cristo passou por esta fase. Lê Lucas 2:52.
O que é crescer na Graça e no Conhecimento? Crescer na Graça e no Conhecimento é conhecer os Planos e os Propósitos que o Senhor tem em nossas vidas. Por isso, o crescimento é diário.
Entre esses Planos e Propósitos existem coisas que são absolutamente necessárias ao nosso crescimento. Por exemplo, a combinação de vários versículos com a palavra “mundo”.
A Palavra do Senhor diz assim em João 3:16: “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
Depois, em João 17:6, 11 e 14 diz assim: “Manifestei o teu nome aos homens que me deste do mundo. Eram teus, tu mos confiaste, e eles têm guardado a tua palavra.” “Já não estou no mundo, mas eles continuam no mundo, ao passo que eu vou para junto de ti…” “Eu lhes tenho dado a tua palavra, e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo….”
Primeiro diz que Deus amou o mundo para que crêssemos e tivéssemos a vida eterna. Em seguida, que o mundo nos odeia, porque nós não somos do mundo. Então, eu perguntei: será que nós nos deparamos com um grande erro teológico?
Dizem os versículos 15-16, 18: “Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal. Eles não são do mundo, como também eu não sou.” “Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.”
Eu disse: Meu Deus, alguma coisa precisa ser esclarecida!
A Bíblia diz que Deus amou o mundo e, depois, que Ele não ama o mundo… Diz que nós não somos do mundo… Afinal, Deus amou, ou não amou o mundo? Quer salvar, ou não quer salvar o mundo?
Foi, então, numa derradeira Revelação que o Senhor começou a me mostrar que existem, na Bíblia, 4 mundos. Quando diz que Deus amou o mundo e que deu a Sua vida pelo mundo, esta palavra no original grego é “Okumene”, mundo espiritual dos salvos. Depois, quando diz que viemos ao mundo, Ele está falando de “Kosmos”, o planeta. Depois, quando diz que o mundo nos odeia, este mundo que odeia os evangélicos é o “Ayon”, o mundo espiritual da perdição. Por fim, existe um outro mundo, que é o mundo subterrâneo: “Sheol”, o mundo das trevas, o inferno, o lago do enxofre.
Então, assim, compreendemos que existem dois reinos espirituais nos quais estão as duas sementes. No reino espiritual dos salvos – Okumene – estão os filhos de Deus, as ovelhas, os santos, predestinados desde antes da fundação do mundo. No reino espiritual das trevas – Ayon – estão os filhos do diabo, os lobos, os cabritos, que nunca se converterão. Ambas as sementes convivem no Kosmos – planeta – porém, ovelha é ovelha, e lobo é lobo. Um nunca será o outro, mesmo que, às vezes, as ovelhas tenham atitudes de lobo e os lobos tenham atitude de ovelha. Só assim se compreende João 3:16 e o capítulo 17 do mesmo Livro. Isto é Conhecimento.
O Espírito Santo não habita em todo o mundo. Jesus não morreu por todo o mundo. Se Ele tivesse morrido por todo o mundo, todos seriam salvos; não haveria diferença entre pecador e justo. Todo mundo seria salvo, todo mundo seria justo.
Estou mostrando o que é crescer no Conhecimento. Cristo morreu somente pelos escolhidos. O mundo Ayon não O conhece nem O recebe. Nós O conhecemos. Ele está em nós.
Vamos ver um pouco mais do Conhecimento da Revelação que está em Colossenses 1:9 “Por esta razão, também nós, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós e de pedir agora Paulo faz um pedido que transbordeis de pleno conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e entendimento espiritual;”. É disto que nós precisamos: conhecer a Vontade de Deus? Para conhecermos a Vontade de Deus é preciso transbordarmos do Pleno Conhecimento. O Peno Conhecimento é a grande arma da nossa vida.
Depois, no versículo 10, diz assim: “a fim de viverdes de modo digno do Senhor, para o seu inteiro agrado, frutificando em toda boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Deus;”.Só vive de modo digno do Senhor quem transborda de Conhecimento, Sabedoria e Entendimento Espiritual.
Depois, no versículo 11 “sendo fortalecidos com todo o poder, segundo a força da sua glória, em toda a perseverança e longanimidade; com alegria,”
O Pleno Poder vem à nossa vida quando conhecemos a Verdade.
Sem o Conhecimento não há vitória, não há o exercício da Fé, há debilidade, enfermidades emocionais, depressão…
É pela falta de Conhecimento que a maioria do povo de Deus vive num “colapso” da Fé, na “falência” da vida espiritual, no afastamento do sagrado.
O Conhecimento gera vidas fortes. A falta de Conhecimento gera vidas destruídas. E eu vou te dizer: a falta de Conhecimento tem gerado um misticismo que tem perturbado a vida do povo de Deus. Há um sistema doentio que tem ferido a confiança na Fé dos cristãos, o que gerou um colapso na vida de muita gente, que tem gerado decadência espiritual. Por isso é que eu te digo: Grande parte do povo evangélico vive agonizando. Por quê? Por causa do misticismo. O misticismo tem feito um estrago na auto-estima do povo de Deus. Pessoas que foram compradas pelo Sangue do Cordeiro, sendo humilhadas, estão colocando a mão na cabeça e dizendo: ‘sai demônio, sai demônio’, dizendo, com isso, que Jesus Cristo é mentiroso, quando a Bíblia diz que nós somos templo do Espírito Santo, propriedades exclusivas de Deus.
O misticismo aceita a africanização da obra de Deus. Há evangélicos com fita no braço, com oração dentro do sapato, com pedrinha não sei do que, com óleo não sei de que… O misticismo é um veneno para a vida espiritual.
A “fé” virou um ritual, irmão! As igrejas estão cheias de liturgias, mandamentos, proibições e rudimentos das doutrinas de Cristo. Deus quer que cresçamos, que subamos! Lê Jeremias 3:15 e Jeremias 9:24.
Em Hebreus 5:11-13, Paulo explicou isto. Olha só o que ele diz: “A esse respeito temos muitas coisas que dizer e difíceis de explicar, porquanto vos tendes tornado tardios em ouvir. Pois, com efeito, quando devíeis ser mestres, atendendo ao tempo decorrido, tendes, novamente, necessidade de alguém que vos ensine, de novo, quais são os princípios elementares dos oráculos de Deus; assim, vos tornastes como necessitados de leite e não de alimento sólido. Ora, todo aquele que se alimenta de leite é inexperiente na palavra da justiça, porque é criança.” Paulo está dizendo que há coisas que só compreendemos por Revelação.
Gerações inteiras deixaram de viver vitoriosamente, e estão vivendo humilhadas, porque não tiveram Conhecimento ou não creram na Verdade. Preferiram ficar com a história da mulher da hemorragia, com a história de Zaqueu que sobe na árvore etc. Quando a pessoa vive a Graça de Deus se torna um mestre e deixa de ser criança espiritual.
Depois, no versículo 14, diz a Palavra: “Mas o alimento sólido é para os adultos, para aqueles que, pela prática, têm as suas faculdades exercitadas para discernir não somente o bem, mas também o mal.”
Depois, em Hebreus 6:1-2 “Por isso, pondo de parte os princípios elementares da doutrina de Cristo, deixemo-nos levar para o que é perfeito, não lançando, de novo, a base do arrependimento de obras mortas e da fé em Deus, o ensino de batismos e da imposição de mãos, da ressurreição dos mortos e do juízo eterno.”
Devemos por de parte os princípios elementares da doutrina de Cristo. Existe uma mensagem de perfeição: a Graça de Deus. Devemos nos deixar levar para ela. Deixa-te levar para aquilo que é perfeito, porque a mensagem dos rudimentos é imperfeita. A perfeição, o sólido está no abandonar a doutrina rudimentar de Cristo, os princípios elementares, as obras mortas: jejuns, vigílias, sacrifícios… Esse evangelho não traz retorno, não dá crescimento, não faz viver de modo digno do Evangelho de Cristo.
Depois, em Hebreus 10:1 diz: “Ora, visto que a lei tem sombra dos bens vindouros, não a imagem real das coisas, nunca jamais pode tornar perfeitos os ofertantes, com os mesmos sacrifícios que, ano após ano, perpetuamente, eles oferecem.” Quem vive na “lei”, vive na sombra dos bens vindouros.
Depois, no versículo 2: “Doutra sorte, não teriam cessado de ser oferecidos, porquanto os que prestam culto, tendo sido purificados uma vez por todas, não mais teriam consciência de pecados?”
Fomos purificados pelo Sangue de Cristo. A nossa consciência não é de pecado, a nossa consciência é de paz, de alegria, de vida vitoriosa.
Hebreus 10:14-15 diz assim: “Porque, com uma única oferta, aperfeiçoou para sempre quantos estão sendo santificados. E disto nos dá testemunho também o Espírito Santo; porquanto, após ter dito:”
A teologia tradicional não crê na perfeição do nosso espírito. Ela diz que Jesus não aperfeiçoou ninguém.
Versículos 16-17 “Esta é a aliança que farei com eles, depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei no seu coração as minhas leis e sobre a sua mente as inscreverei, acrescenta: Também de nenhum modo me lembrarei dos seus pecados e das suas iniqüidades, para sempre.” O Senhor diz que não se lembra mais. Então, por que os pastores, sem Conhecimento, insistem em lembrar ao povo de Deus os seus erros? Não pode ser lembrado.
Versículos 18-19 e 22 “Ora, onde há remissão destes, já não há oferta pelo pecado. Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus,” “aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo o coração purificado de má consciência e lavado o corpo com água pura.”
Qual é a “Água Pura” que realmente lava? É a “Água” do Espírito Santo – a Palavra de Deus. Vamos ver em Tito 3:5: “não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo,”
Quando não há a lavagem com Água Pura, as pessoas se sentem em pecado, em condenação, em derrota, pensando que o diabo pode lhes pegar.
Não dês autoridade ao inimigo. Não dês autoridade a quem não tem autoridade. O diabo já foi derrotado. Ele não pode te tocar. Cristo, na cruz, já o derrotou. Lê Colossenses 2:13-15.
A única arma que o inimigo tem e com a qual ele pode enganar o filho de Deus é a mentira. Se porventura acreditares na mentira do diabo, acabas aceitando que podes ser possuído pelo mal, que és fraco, que nunca serás curado, que tens uma consciência de pecado, que precisas de óleo na cabeça, que precisas ir ao psiquiatra tomar calmantes de tarja preta…
Não aceites mais as tradições da “lei”, pois grande parte do que ela prega é uma mistura da Verdade, com tradições, com mentiras, o que invalida a obra de Cristo, profana o Sangue da Aliança e ultraja o Espírito da Graça.
2 Coríntios 11:3-4 “Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo. Se, na verdade, vindo alguém, prega outro Jesus que não temos pregado, ou se aceitais espírito diferente que não tendes recebido, ou evangelho diferente que não tendes abraçado, a esse, de boa mente, o tolerais.”
Paulo está dizendo que existe um outro evangelho e um outro espírito. Se existe um outro, qual é o verdadeiro? A Graça de Deus.
João 1:16-17 diz: “Porque todos nós temos recebido da sua plenitude e graça sobre graça. Porque a lei foi dada por intermédio de Moisés; a graça e a verdade vieram por meio de Jesus Cristo.” Jesus Cristo trouxe a Graça e a Verdade.
Efésios 4:17-18 diz assim: “Isto, portanto, digo e no Senhor testifico que não mais andeis como também andam os gentios, na vaidade dos seus próprios pensamentos, obscurecidos de entendimento, alheios à vida de Deus por causa da ignorância em que vivem, pela dureza do seu coração, os quais, tendo-se tornado insensíveis, se entregaram à dissolução para, com avidez, cometerem toda sorte de impureza.”
Muitas pessoas vivem obscurecidas de entendimento, alheias à Vida de Deus, porque não têm Conhecimento. Toda pessoa que não tem Conhecimento pode se entregar ao pecado. Fica alheia à Vontade de Deus, não sabe quem é em Cristo, diz estar possuída por demônios, se entrega a dissolução do pecado.
Depois, nos versículos 20-21, diz a Palavra: “Mas não foi assim que aprendestes a Cristo, se é que, de fato, o tendes ouvido e nele fostes instruídos, segundo é a verdade em Jesus,”. É preciso ser instruído segundo a Verdade.
A Verdade diz que estamos nas mãos de Jesus Cristo e que das Suas mãos ninguém nos arrebata.
Deus não mente. Deus é o Deus de cura, de prosperidade, que cumpre o que prometeu.
Não te envergonhes do Evangelho. Ele é o Poder de Deus para a salvação. Identifica-te diante de todos que te cercam como um escolhido de Deus. Identifica-te com um eleito, como um predestinado, como um vencedor. Os anjos vão te ajudar a ter vitória, em tudo!
João 17:22 “Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que sejam um, como nós o somos;”.
Deus nos deu a Sua Glória. Em Cristo, somos novas criaturas. Temos autoridade, somos vencedores.
João 3:27 e 34 diz: “Respondeu João: O homem não pode receber coisa alguma se do céu não lhe for dada.” “Pois o enviado de Deus fala as palavras dele, porque Deus não dá o Espírito por medida.”
Deus não dá o Espírito por medida. Deus está total em nossa vida, e não foi pelo nosso merecimento que fomos selados, mas por soberania de Deus. Deus não está partido em pedaços. Deus não dá um pouco de unção para depois dar outro pedaço, e depois dar o dobro, unção dobrada; isso não existe. Deus, quando dá, dá tudo. Nós somos um com Ele. A nossa chamada e o dom que Ele nos deu são irrevogáveis. A Bíblia diz que nós somos reino e sacerdotes. Isto é para que vivamos de modo digno, frutificando em toda boa obra, dando testemunho de que o Cristo que está em nós é total. Efésios 1:13 “em quem também vós, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, tendo nele também crido, fostes selados com o Santo Espírito da promessa”.

 

Teu apóstolo, irmão e amigo, Miguel Ângelo.

Se nossa Mensagem tem abençoado a tua vida, se estas palavras tem feito bem ao teu espírito, ajude-nos a mantê-la, seja um semeador. Com certaza seu dízimo e oferta semeado em nosso ministério de evangelização, será honrado por Deus em tua vida com bençãos sem medidas. CLIQUE AQUI PARA DOAR!

Compartilhar
1Comentário
  • Valmir
    19/08/2018em08:04

    edificante

Escrever um Comentário