+55 (21) 3017-9090

Rua Maricá, 320 - Rio de Janeiro

Top

Estudos

 

Filipenses 4:13 “Tudo posso naquele que me fortalece.”

Vivemos em um mundo cheio de desigualdades e de diferenças. E a verdade é que estamos neste mundo. Somos peregrinos em direção à vida eterna. Precisamos conviver com as desigualdades que nos apresentam, diuturnamente.

Agora, essas diferenças, muitas vezes, são assustadoras. E vidas continuam sendo ceifadas no nosso país, destruídas. Há uma verdadeira pandemia histórica. Numa crise humanitária, o ser humano deixou de ter valor. Hoje, por causa de destruição, de acidentes, do álcool, da droga, dos abusos sexuais, da fome, há um grito ecoando em todos os países, especialmente, no nosso país. Há um grito! As pessoas estão gritando! E esta é a hora mais importante: a oportunidade maior que a Igreja de Cristo tem perante essas situações de demonstrar o amor de Cristo, para que as pessoas que estão nessas estatísticas de grandes desigualdades possam ter esperança de viver.

Então, amado, a Igreja de Jesus deve ensinar ao povo a sair do sufoco, do nó na garganta, e não existe nenhum meio a não ser pelo ensinamento da Bíblia Sagrada.

Isaías 33:20-22: “Olha para Sião, a cidade das nossas solenidades; os teus olhos verão a Jerusalém, habitação tranqüila, tenda que não será removida, cujas estacas nunca serão arrancadas, nem rebentada nenhuma de suas cordas. Mas o SENHOR ali nos será grandioso, fará as vezes de rios e correntes largas; barco nenhum de remo passará por eles, navio grande por eles não navegará. Porque o SENHOR é o nosso juiz, o SENHOR é o nosso legislador, o SENHOR é o nosso Rei; ele nos salvará.”

Darei continuidade ao estudo sobre os fundamentos que geram a estabilidade e a abundância de Deus. Lembra-te, meu amado, lembra-te, minha amada, que o que acabamos de ler são palavras proféticas que recebemos como parte desses fundamentos.

Filipenses 2:7-11: “…antes, a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-se em semelhança de homens; e, reconhecido em figura humana, a si mesmo se humilhou, tornando-se obediente até à morte e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai.”

Começamos a abordagem desse tema, e gostaria de fazer uma pergunta: Por que tantas pessoas estão dentro de Igrejas e não se rendem totalmente ao Senhor? Por que há tantas áreas vulneráveis? Qual será a razão? Jesus se esvaziou, diz a Palavra do Senhor, se humilhou, tornando-se obediente. Ele foi o modelo, o padrão e se esvaziou para ser obediente, rendendo-se totalmente à vontade do Senhor.

 Romanos 12:2 “E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Meu amado irmão, minha família, filhinhos na fé, eleito para viver a vida eterna.

Não existe maior fraqueza no cristianismo do que aceitar os padrões do mundo. Não existe maior fragilidade na vida de um cristão do que aderir, aceitar, pensar ou agir de acordo com o modelo fracassado do mundo.

Isaías 33:6 “Haverá, ó Sião, estabilidade nos teus tempos, abundância de salvação, sabedoria e conhecimento; o temor do SENHOR será o teu tesouro.”

Meu filhinho na Fé, minha família amada, povo de propriedade exclusiva de Deus!

 O Ministério Cristo Vive tem como missão mostrar à Igreja de Cristo o significado e o propósito que Deus tem com a vida de cada um de nós. Afinal, Deus teve razões quando criou a mim e a ti. Nós fomos feitos para Ele e por Ele. Romanos 11:36 diz: “Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!”

II Workshop de Louvor e Adoração Ap. Miguel Ângelo - Bispo Primaz O adorador deve ter as características dos seres viventes do livro do Apocalipse, principalmente do quarto ser vivente, que tem rosto de águia voando(Apocalipse 4:7). A águia quando está voando tem uma visão panorâmica ampla e profunda. O adorador deve ter uma visão profunda da obra de Deus, deve conhecer o Deus que adora (Oséias 6:3). Não pode ter uma visão limitada, estática, tem de desenvolver...


 

Gálatas 6:17 “Quanto ao mais, ninguém me moleste; porque eu trago no corpo as marcas de Jesus.”

 Estamos falando já há algumas semanas sobre renovação, regeneração e, hoje, quero falar um pouco mais sobre estas marcas de Jesus.

Como você olha para uma pessoa e evidencia que ela é salva?

Quando preparava este Recado, ocorreram-me as palavras do grande pregador Charles Spurgeon, quando ele dizia: “a verdadeira vida concedida pelo Espírito Santo tem que trazer resultados. O cristão se torna melhor que qualquer dos melhores homens deste mundo.”

1 Pedro 1:18-20 “… sabendo que não foi mediante coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados do vosso fútil procedimento que vossos pais vos legaram, mas pelo precioso sangue, como de cordeiro sem defeito e sem mácula, o sangue de Cristo, conhecido, com efeito, antes da fundação do mundo, porém manifestado no fim dos tempos, por amor de vós”.

O sangue de Jesus Cristo é o presente mais precioso que o Senhor deu à Sua  igreja. Poucos cristãos nesta terra entendem sobre o valor e as virtudes do sangue de Cristo. Todas as igrejas falam sobre o sangue, cantam hinos sobre o poder do sangue de Jesus, mas poucos vivem debaixo do poder do sangue que foi derramado na cruz do Calvário. Por isso, meu amado, por revelação do Espírito Santo, eu quero te falar do significado do sangue de Cristo, da glória do seu derramamento e dos benefícios que esse sangue outorgou e outorga à Sua igreja.

Efésios 1:15-18 “Por isso, também eu, tendo ouvido a fé que há entre vós no Senhor Jesus e o amor para com todos os santos, não cesso de dar graças por vós, fazendo menção de vós nas minhas orações, para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele, iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória da sua herança nos santos”.

Que coisa interessante, apesar dos irmãos de Éfeso serem convertidos, regenerados, selados com o Santo Espírito da promessa, não compreendiam alguns fatos espirituais. Os olhos espirituais ainda não haviam sido iluminados. Apesar de serem cheios do Espírito Santo, os olhos do coração ainda não compreendiam que, para os crentes em Jesus Cristo, existe uma Segunda Graça. Eles já eram convertidos, mas não tinham Revelação. Tinham zelo por Deus, mas não tinham conhecimento.

Efésios 6:10 a 13 “Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis.”

Paulo disse: “Revesti-vos de toda armadura de Deus.” Isso é um mandamento, uma ordem apostólica para o povo de Deus. Portanto, a grande luta que o povo de Deus enfrenta – já que o seu espírito está perfeito, já que o inimigo não pode penetrar na sua vida, nem lhe tirar a salvação – está na mente. Ou seja, quando o inimigo consegue sucesso e lança um dardo na mente de uma pessoa, esse dardo negativo atinge, na realidade, a vida como um todo.