+55 (21) 3017-9090

Rua Maricá, 320 - Rio de Janeiro

Top

Estudos

Salmo 107:1-2 “Rendei graças ao SENHOR, porque ele é bom, e a sua misericórdia dura para sempre. Digam-no os remidos do SENHOR, os que ele resgatou da mão do inimigo”.

Nós vamos falar de algo muito precioso. Eu quero te falar sobre “a nossa suficiência”, ou melhor, sobre a nossa insuficiência. Mas, para tu poderes compreender este assunto, é preciso que eu te lembre do significado da mudança de vida espiritual que nós, ao confessarmos Jesus Cristo como Senhor e Salvador, sofremos.

Atos 26:16-19 “Mas levanta-te e firma-te sobre teus pés, porque por isto te apareci, para te constituir ministro e testemunha, tanto das coisas em que me viste como daquelas pelas quais te aparecerei ainda, livrando-te do povo e dos gentios, para os quais eu te envio, para lhes abrires os olhos e os converteres das trevas para a luz e da potestade de Satanás para Deus, a fim de que recebam eles remissão de pecados e herança entre os que são santificados pela fé em mim. Pelo que, ó rei Agripa, não fui desobediente à visão celestial,”.

Por muito tempo, o Ministério Apostólico foi totalmente ignorado pelas igrejas protestantes. O Senhor Jesus Cristo, desde o início da década de 80, começou a levantar, no mundo inteiro, esta nova geração de líderes – líderes reconhecidos pelos dons de Deus, reconhecidos pelos seus chamados para serem Apóstolos e Profetas para a Igreja dos Últimos Tempos.


Apocalipse 6:9-11 “Quando ele abriu o quinto selo, vi, debaixo do altar, as almas daqueles que tinham sido mortos por causa da palavra de Deus e por causa do testemunho que sustentavam. Clamaram em grande voz, dizendo: Até quando, ó Soberano Senhor, santo e verdadeiro, não julgas, nem vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra? Então, a cada um deles foi dada uma vestidura branca, e lhes disseram que repousassem ainda por pouco tempo, até que também se completasse o número dos seus conservos e seus irmãos que iam ser mortos como igualmente eles foram.”

Amado do Senhor, meu filhinho na Fé, santo precioso de Deus!

O Quinto Selo fala do lamento dos mártires. Ele aborda o martírio dos cristãos que sofreram perseguições, passaram por torturas, foram mortos, e cujas almas suplicam o juízo de Deus contra a vida daqueles que martirizaram milhares de cristãos ao longo dos séculos.

 

Apocalipse 8:3 “Veio outro anjo e ficou de pé junto ao altar, com um incensário de ouro, e foi-lhe dado muito incenso para oferecê-lo com as orações de todos os santos sobre o altar de ouro que se acha diante do trono…”

Nós vimos no texto acima, que um anjo recebeu autoridade para o exercício das funções sacerdotais junto do Trono. Diz a Palavra: Apocalipse 8:3 “Veio outro anjo e ficou de pé junto ao altar, com um incensário de ouro, e foi-lhe dado muito incenso para oferecê-lo…”

Romanos 6:14 “Porque o pecado não terá domínio sobre vós; pois não estais debaixo da lei, e sim da graça.” 

Muitos me escrevem e perguntam qual é o papel do pecado na teologia da genuína Graça de Deus?

Uma outra pergunta muito comum é: Se um crente, nascido de novo, peca e não se arrepende, e se Jesus, nesse ínterim, vem, ele fica ou vai?

Há ainda uma terceira: O pecado pode separar um cristão de Jesus Cristo?

Há uma pergunta muito constante: Pode uma pessoa pecar e pecar e pecar e pecar e ficar tudo bem, como se diz na gíria, numa boa?

Efésios 6:13-17 “Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis. Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça. Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz; embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;”.

 Hoje, vamos falar sobre a última peça da armadura espiritual: A Espada do Espírito. A Espada é uma peça diferente de todas as outras da armadura. Por quê? Porque ela tanto é ofensiva quanto defensiva. A Espada nos mostra que a melhor defesa de um crente é o ataque. Por isso a Espada nos dá a capacidade, com autoridade, de investir contra todos os ataques do inimigo. Nós temos o direito de lutar pelos nossos direitos como cristãos, porque a Palavra nos ensina a agirmos assim. Portanto, quando usamos a “Espada do Espírito”, estamos lutando pelos nossos direitos espirituais. A Bíblia diz que temos o direito de nos sentirmos totalmente perdoados pelos nossos pecados presentes e futuros. Somos totalmente livres de culpa. Somos livres da condenação. Temos o direito de sermos curados, prósperos, de termos paz e alegria. Não aceitamos derrota na nossa vida, nem depressão, nem ansiedade ou preocupações negativas. Temos a autoridade do nome de Jesus, temos o poder do Sangue de Jesus. Temos o poder da Palavra.

Isaías 35:1-4 “O deserto e a terra se alegrarão; o ermo exultará e florescerá como o narciso. Florescerá abundantemente, jubilará de alegria e exultará; deu-se-lhes a glória do Líbano, o esplendor do Carmelo e de Sarom; eles verão a glória do SENHOR, o esplendor do nosso Deus. Fortalecei as mãos frouxas e firmai os joelhos vacilantes. Dizei aos desalentados de coração: Sede fortes, não temais. Eis o vosso Deus. A vingança vem, a retribuição de Deus; ele vem e vos salvará.”

Hoje, prosseguimos falando da palavra que nos foi dada na passagem do ano: ‘O deserto se alegrará, o ermo florescerá abundantemente, as mãos frouxas se fortalecerão, os joelhos vacilantes se firmarão, os desalentados serão fortes e que a retribuição de Deus virá.’ Ou seja, não haverá vidas infrutíferas, haverá a continuidade da prosperidade entre nós e Deus está levantando pessoas extremamente confiantes.

Apocalipse 5:9-10 “… e entoavam novo cântico, dizendo: Digno és de tomar o livro e de abrir-lhe os selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste para Deus os que procedem de toda tribo, língua, povo e nação e para o nosso Deus os constituíste reino e sacerdotes; e reinarão sobre a terra.

Conhecer o Apocalipse com os olhos da Graça de Deus é, na realidade, estar ciente de tudo que faz parte dos profundos mistérios do Coração de Deus. A mesa espiritual está posta. Vamos ao alimento.

Salmos 139:13-17 “Pois tu formaste o meu interior, tu me teceste no seio de minha mãe. Graças te dou, visto que por modo assombrosamente, maravilhoso me formaste; as tuas obras são admiráveis, e a minha alma o sabe muito bem; os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra. Os teus olhos me viram a substância ainda informe, e no teu livro foram escritos todos os...

1 Pedro 3:15: “antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós,” O mais importante da vida espiritual é estarmos seguros sobre tudo que envolve a nossa Fé, pois, quando estamos seguros, sabemos fazer a sua defesa e usá-la, especialmente naquelas horas difíceis de uma doença, de um revés, de uma vicissitude, de uma luta ou de uma crise....